Project Description

    Sofia Ribeiro – Ar
    Sofia Ribeiro é uma das grandes vozes do país do fado, uma magnífica cantora que tem o dom de cativar imediatamente o ouvinte e transportá-lo para o seu universo musical único. Com um sólido background em estudos de jazz, uma profunda relação com a música portuguesa e horas intermináveis a ouvir músicos brasileiros lendários, a sua arte desafia os limites das categorias musicais. Reconhecida pelas suas fortes e emocionais atuações ao vivo, a cantora, que foi já distinguida com vários prémios internacionais, tem vindo a encantar diferentes públicos por todo o mundo, com a sua excecional voz.
    No seu mais recente trabalho discográfico – “Ar” – resultado da colaboração com o reconhecido pianista e compositor colombiano Juan Andrés Ospina, Sofia revela, com excelência, o seu imenso potencial como cantora e compositora, reunindo harmoniosamente diversas influências que, para além do jazz, passam pela música pop, portuguesa e brasileira. O álbum inclui vários temas originais, assim como dois temas brasileiros e duas adaptações de poemas de Miguel Torga e Florbela Espanca.
    “Ar” é uma viagem onde interagem emoções, imagens e poesia, através da esplêndida voz de Sofia e de um excelente grupo de músicos internacionais de topo, provenientes de Nova Iorque.

    Sofia Ribeiro, voz, alumni
    Com mais de cinco álbuns editados, incluindo o seu mais recente CD “Ar”, Sofia Ribeiro tem atuado intensivamente pelo mundo fora nos últimos anos, cantando com músicos de topo da Europa e dos Estados Unidos. É licenciada em Jazz pela ESMAE, onde começou a dar aulas logo após ter terminado o curso, e tem um mestrado do Conservatório Real de Bruxelas.
    Durante os seus estudos, fez programas de intercâmbio de um ano, como bolseira, na ESMUC (Barcelona), na Berklee College of Music (Boston), e no Conservatório Nacional Superior de Música de Paris. Ganhou vários prémios em competições internacionais, tais como o primeiro lugar na “Voicingers” (Polónia, 2008) e na “Crest Jazz Vocal” (França, 2010), e o segundo lugar na “Young Jazz Singers” (Bélgica, 2005).

     

    Juan Andrés Ospina, piano

    Andres Rotmistrovsky, contrabaixo
    Andres Rotmistrovsky é um baixista, produtor, compositor e pedagogo Argentino residente em Nova Iorque. Tocou e gravou com aclamados artistas tais como Joan Baez, Paquito D’ Rivera, Eva Ayllon, Leon Gieco e Marta Gomez, e tocou em salas de grande prestígio tais como a Blue Note, o Carnegie Hall, o Lincoln Center, os Latin Grammys, o Apollo Theater e o Boston Symphony Hall.
    Tem um diploma da Berklee College of Music, onde recebeu diversas bolsas de estudo e prémios, assim como o “Charles Mingus Award 2007”, o “Outstanding Performer Award 2007” e o “International Award 2003”.
    O seu estilo único e inovador, adaptando e tocando temas para baixo solo e duos tem vindo a chamar a atenção da crítica e de ouvintes um pouco por todo o mundo.

    Salvador Toscano, bateria

    Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo, Portugal
    A Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo (ESMAE), pertencente ao Instituto Politécnico do Porto, surge, após a extinção da Escola Superior de Música, com o intuito de alargar a formação de nível superior a outras áreas artísticas, para além da música.
    Assim, formada em Dezembro de 1994, a ESMAE abrange, actualmente, três departamentos: o da Música, onde se dá formação nas mais variadas áreas, tais como instrumento, canto, composição, música antiga, jazz, produção e tecnologias da música; o Departamento de Teatro, que é responsável pela formação no ramo da interpretação, Direcção de cena, cenografia, figurinos, luz e som e o Departamento de Artes da Imagem que toca áreas como a Fotografia, o Cinema, o Audiovisual e o Multimédia.

    Como escola de artes performativas, a ESMAE dá particular atenção à necessidade de proporcionar apresentações e espectáculos dos seus alunos, complemento imprescindível para que se possam cumprir os objectivos dos seus cursos. Estes espectáculos têm como objectivo promover um contacto estreito e permanente entre os jovens artistas e o seu futuro público, que terá assim a oportunidade de os conhecer e de aprender a apreciá-los. Neste contexto, existe na ESMAE um Café Concerto e o Teatro Helena Sá Costa, que são palco de grande parte das apresentações da escola. Paralelamente, a ESMAE tem desenvolvido inúmeras parcerias dando assim aos alunos a oportunidade de mostrarem o seu trabalho fora da escola, nomeadamente através de concertos de música de câmara e orquestra, em Serralves, na Quinta da Bonjóia e no Coliseu do Porto, entre outros.

    A ESMAE tem, actualmente, cerca de 830 alunos e 130 docentes.

    Possui mais de 90 acordos de cooperação internacional e tem participado em vários projectos europeus desde 2003; é parceiro activo nas duas maiores associações europeias de instituições de ensino superior artístico (AEC e ELIA) e parceiro em vários projectos ERASMUS como Operamedia, IICS, SACS, La Follia, Phoenix e é promotora de vários festivais nacionais e internacionais como o HARMOS Classical, o HARMOS Plural, IRI e SET.